4 DICAS PARA EMAGRECER RÁPIDO E COM SAÚDE

Quando se fala em dieta e emagrecimento, a maioria das pessoas torce o nariz e a primeira coisa que vem à mente é: “emagrecer é muito difícil”, “eu não tenho tempo para preparar minhas refeições”, “exercício físico é cansativo”, “fazer dieta é chato” e mais um monte de desculpas.

Eu sou aquele tipo de pessoa que sempre seguiu a máxima de que “menos é mais”. Quanto mais simples e fácil melhor. A ideia é focar no básico primeiro e depois, caso precise, buscar as alternativas necessárias para complementar o que falta.

Baseado nisso eu trago aqui hoje, 4 dicas para te ajudar a emagrecer rápido e com saúde (eu poderia chamar de regras de ouro para emagrecer, porque realmente fazem a diferença) que irão lhe trazer excelentes resultados no seu processo de emagrecimento.

  1. Beba Água, Muita Água

Beba bastante água, hidrate-se

É incrível como a maioria das pessoas esquece ou até sabota esse pequeno detalhe. Nosso corpo é composto por aproximadamente 70% de água. Todo nosso organismo precisa de água para funcionar. Sabe quando você adoece e o médico fala: repouse e beba bastante água? Pois é, isso é recomendado porque a água, além de hidratar e transportar nutrientes, é responsável por eliminar toxinas do nosso corpo. A água regula o metabolismo, a temperatura e auxilia na digestão dos alimentos.

Eu poderia aqui, escrever inúmeros motivos pelos quais a água é imprescindível, porém, nos basta saber que a água é o líquido mais importante para a vida, é extremamente essencial para o funcionamento correto do nosso corpo e a peça chave importantíssima para um emagrecimento de sucesso.

Várias pesquisas mostram que para mantermos um corpo saudável devemos ingerir de 8 a 10 copos de água por dia e acredito ser uma quantidade razoável. Uma outra dica é ingerir 35ml de água por peso corporal, por exemplo: se você pesa 80kg você deve beber aproximadamente 2,8l de água. (80 x 35 = 2.800l.)

Beber água pode acelerar seu metabolismo de 24 a 30% em um período de 1 a 1,5 horas, ajudando você a queimar mais calorias.

  1. Mastigue mais Lentamente

Mastigue bem cada porção de alimento

Alguns estudos mostram que a mastigação mais lenta pode ajudá-lo a ingerir menos calorias e aumentar a produção de hormônios ligados saciedade e à perda de peso.

Além disso, quando apreciamos melhor cada porção de comida aumentamos a sensação de saciedade e satisfação. Quando você faz refeições com muita pressa, sua comida vai acabar antes que seu corpo tenha tempo de reconhecer que está saciado, fazendo com que você se sinta insatisfeito e quais beliscar mais alguma coisa.  A sensação de saciedade leva em média 20 minutos para ser registrada. Portanto, mesmo que ainda esteja com você, espere 20 minutos antes de repetir o prato.

  1. Pratique Atividade Física

Pratique atividade física regularmente

A prática de atividade física faz toda a diferença no processo de emagrecimento. Talvez a ideia de frequentar uma academia não seja atraente para você nesse momento. Porém, além do sobrepeso, posso garantir que a maior parte dos problemas emocionais está ligada ao fator sedentarismo. Você não tem energia, não tem disposição, não tem motivação e o que resta é a depressão, a ansiedade e o estresse.

O importante é estar em movimento. Dance, caminhe pela sua sala, cuide do seu quintal, leve o seu cachorro para passear, faça uma pequena caminhada hoje. Escolha uma atividade física que lhe dê prazer.

A prática de exercícios físicos regulares estimula a produção de endorfina, responsável pela sensação de bem-estar, aliviando e normalizando os níveis de ansiedade. Sem contar que ainda diminui o apetite, melhora a qualidade do sono e ainda acelera o metabolismo.

Comece devagar, dando pequenos passos, e vá aumentando gradativamente. Aproveite as situações diárias para se movimentar mais. Você pode começar incorporando exercícios espontâneos às suas atividades do dia a dia agora mesmo.

  1. Durma bem

Tenha uma ótima noite de sono, durma bem!

Quando o assunto é emagrecer , o sono é altamente subestimado, deixado de lado ou simplesmente esquecido, porém um sono de qualidade é tão importante quanto comer alimentos saudáveis e se exercitar. Estudos mostram que o sono ruim é um dos mais fortes fatores de risco para a obesidade.

Dormir bem estimula a produção de Grelina, também conhecido como o “hormônio da fome” pois atua na digestão e gera a sensação de  fome. Quem dorme bem possui níveis equilibrados desse hormônio e consequentemente, come menos. Outra relação entre dormir e emagrecer é a produção do hormônio Leptina, responsável pela sensação de saciedade alimentar.

Outro fator é importante é a queima de gorduras – segundo um estudo feito na Universidade de Chicago, pessoas que dormem de sete a oito horas por dia queimam mais gorduras do que aquelas que dormem pouco ou tem o sono fragmentado. De acordo com o estudo, quem dorme pouco queima 55% menos gordura, pois a falta de sono estimula a produção dos hormônios Cortisol e Adrenalina que prejudicam o emagrecimento por interromperem a queima de gordura e elevar o nível de açúcar no sangue.

 

É importante lembrar que com nossa vida atribulada nem sempre nos lembramos de fazer o que sabemos que precisamos fazer. Sabendo disso é preciso criar um sistema de lembretes para ajudar a lembrar de tomar água, mastigar mais devagar ou até dormir mais cedo, pelo menos até que essas atitudes se tornem um hábito. Você pode colocar lembretes pela casa ou no trabalho, no espelho do banheiro, na geladeira, na tela do computador ou até programar alarmes no seu celular. Escolha o que vai funcionar para você e coloque isso em pratica ainda hoje.

Um forte abraço e até breve!


Imagens: https://unsplash.com/